sexta-feira, 19 de abril de 2019

A devoção popular da Semana Santa



Vamos ilustrar alguns momentos solenes de nossa Semana Santa aqui em minha pequena cidade . As procissões fazem parte do devocional dos fiéis que as acompanham cheios de fé e coração contrito .   






Velas , devocionários fazem parte dos complementos litúrgicos que carregam com semblante sério e reflexivo .
 Muitos pagam promessas , caminham descalços e alguns choram de emoção e esperança . 

Cânticos ora de piedade , ora de louvor , ora de esperança brotam dos lábios e corações dos devotos . 

A encenação  da paixão e morte de Nosso Senhor Jesus Cristo, sempre muito bela e bem preparada , é um momento muito esperado . Uma história que remonta ao tempo e não perde sua eficácia . Todos conhecem o mistério da Paixão de Cristo , mas querem sempre ver a atuação dos figurantes caracterizados à época de Cristo e novamente se comoverem com "A crucificação ".


Após a encenação , caminham apé até a Igreja carregando o andor do Senhor Morto . É comovente também ver como disputam os devotos para levar o andor sempre muito bem enfeitado por senhoras caprichosas e devotas que primam pela destreza e habilidade em fazer arranjos florais e o cuidado com o tecido a revestir o andor .



E então nesta Semana Santa não apenas recordamos  o mistério Pascal , mas "atualizamos "a Páscoa do Senhor . 
 Todas essas manifestações devocionais populares sustentam a vida de fé de muitas pessoas e comunidades , inclusive aquelas que não têm acesso às celebrações litúrgicas e à presença de um presbítero na Quaresma e na Semana Santa.

Todas esses devocionais são manifestações de fé e piedade de um povo que resiste à secularização . Infelizmente nas grandes cidades ou centros urbanos mais secularizados , a prática desses devocionais tem diminuído. 

Muito se tem feito para recuperá-lo , mesmo  o Vaticano na presença do Papa Francisco, grande incentivador da devoção popular desde que evite-se a exacerbação devocional que não leva a compromisso de fé. 
Cabe à Igreja orientar os fiéis e legitimar aquilo que não agride os princípios da fé e não desencaminha do espírito da Liturgia.

Essas celebrações são litúrgicas, mas existem também as celebrações paralitúrgicas e devocionais como as procissões do Senhor morto, as vias-sacras, procissões do encontro de Maria com Jesus e outras. Mas todas têm seu valor e expressam a devoção e piedade do povo que reverencia a morte e ressurreição de Jesus.

 Os cristãos são convidados a celebrar  intensamente as atividades devocionais , litúrgicas e paralitúrgicas  da Semana Santa . E, mais ainda, a assumir os compromissos de amor, doação e serviço que Cristo viveu e ensinou-nos. 

Com Ele façamos o caminho do Calvário , mas vislumbrando ao longe  o sol da ressurreição 

Um comentário:

  1. Mais do que a inteligência, precisamos da afeição e doçura.
    (Charles Chaplin)

    Feliz Páscoa, amiga querida Edite!
    Bjm carinhoso e pascal

    ResponderExcluir