quinta-feira, 2 de novembro de 2023

Nossas tradições :Halloween, todos os santos e finados , celebrações que se sucedem




A Igreja pede que os pais fiquem "atentos e tentem direcionar o significado da festa para a saúde e a beleza em vez do terror, do medo e da morte". 

Halloween não é uma festa cristã  e incita ao terror e ao medo, quando não , também à violência .


DIA DE TODOS OS SANTOS


Em 1 de novembro é comemorado o dia de Dia de Todos os Santos. A data é importante no calendário católico, sendo dedicada à celebração e homenagem dos santos e mártires da religião, garantindo que aqueles que não têm uma data própria de festejo não sejam esquecidos.
Celebramos  a memória daqueles santos que não são os que estamos acostumados. De pessoas que morreram em estado de graça, que são santas, mas não foram oficialmente elevadas aos altares das Igrejas em forma de imagens.

Esta realidade revela a nossa vocação universal à santidade. Todos nós somos chamados a sermos santos. Independente de um reconhecimento oficial ou não. Nossa vocação universal expressa a comunhão dos Santos.




Quem ama a Deus não quer fazer o que Deus detesta. Deus nos ama tanto que deu Seu único filho para nos salvar do pecado! Quando entendemos isso, devemos sentir amor e gratidão a Deus.

É impossível retribuir o que Deus fez por nós, mas podemos mostrar nossa gratidão procurando agradar a Deus. E podemos agradar a Deus através da fé e da busca por santidade. Não buscamos mais ser santos por medo de terrível retribuição, mas sim porque amamos a Deus e amamos o bem (Romanos 12:1-2


A celebração do dia de Finados é uma oportunidade para fazermos uma reflexão sobre a vida.

Para os que creem , a vida não é tirada, mas transformada.


A celebração do dia de Finados é uma oportunidade para fazermos uma reflexão sobre a vida. 

Ela terminará para todos nós aqui neste mundo, é apenas uma questão de tempo. 

Além disso, para a eternidade não poderemos levar nada de material. Levaremos apenas o bem que tivermos feito para nós e para os outros. 

Logo, deve ser uma tomada de consciência de que ser feliz e viver bem não quer dizer acumular tesouros, prazeres ou glórias, mas fazer o bem e preparar uma vida eterna com Deus.










Nenhum comentário:

Postar um comentário